Blog Polux Economy
Economia Mundial e Brasileira

Blog

E se o seu banco fosse mais seguro que o seu governo?

E se o seu banco fosse mais seguro que o seu governo?

Isso é o que está acontecendo no mercado, em determinados prazos. O conhecido como swap spread ou diferencial entre a taxa de swap e a rentabilidade do Governo, está tocando em terreno negativo. Em particular, no mercado do Euro, temos observado a seguinte evolução na curva de swap spread. Devemos ter em conta que (1) […]

Ler mais

Dominique Strauss Kahn e os mercados de previsão o culpado ou não?

Dominique Strauss Kahn e os mercados de previsão o culpado ou não?

Dominique Strauss Kahn, alias DSK, e seu julgamento por violação é uma notícia amplamente propagada. Uma boa referência é este blog permanente sobre aberto no FT.com. Hoje nós conhecemos novos indícios do caso, que parecem apontar para uma dúvida razoável sobre a não convocação de todos os cargos que lhe são imputados. Um bom artigo […]

Ler mais

Explicando o “Banco Mau”: como queremos eficiência ou queremos tamanho?

Explicando o “Banco Mau”: como queremos eficiência ou queremos tamanho?

Propomos-lhe que pare um segundo para pensar. Você é um gestor de política econômica e se apresentam o seguinte problema: Você tem dois bancos, A e B. Ambos são grandes, e o seu negócio baseia-se em duas atividades: depósitos e imóveis. Se as juntas, a caixa de um ajudar o outro, e você vai encontrar […]

Ler mais

Gordon Gekko, renascer

Gordon Gekko, renascer

Nouriel Roubini é professor da Universidade de Nova York e presidente do observatório Roubini Global Economics (RGE). No filme Wall Street, de 1987, o personagem Gordon Gekko declarava-se muitíssimo “A ganância é boa”. Seu credo tornou-se o traço distintivo de uma década de excessos corporativos e do setor financeiro que terminou em colapso no final […]

Ler mais

Outros mercados, outras bolhas, outros surtos

Outros mercados, outras bolhas, outros surtos

Tem sido um lugar comum vincular a atual crise financeira, sua virulência e suas causas, com a explosão de uma bolha de ativos financeiros e imobiliários ocasionada pelas baixas taxas de juro que incentivaram o crescimento do endividamento privado desde o final dos anos noventa até 2007. Mas durante a última década, não apenas se […]

Ler mais

Prémio de risco em Portugal

Prémio de risco em Portugal

Estamos diante de um novo crescimento dos indicadores de alarme sobre o risco de crédito de Portugal. Lemos que o crescimento do diferencial de Portugal contra a Alemanha a 10 anos toca máximos históricos em 280 pontos base, só vistos em Novembro de 2010. O CDS de Portugal a 5 anos, se eleva acima de […]

Ler mais

Música, alimento de investidores: a comida não engorda, engorda quem come

Música, alimento de investidores: a comida não engorda, engorda quem come

Muitas são as críticas que têm recebido das agências de rating por seu papel durante a crise, e sua responsabilidade sobre a sustentabilidade da dívida de emissores em geral, e dos Governos, em particular durante os últimos dois anos. Quando uma agência de rating dita uma opinião, e estabelece um rating como avaliação desta opiniões […]

Ler mais

Se a Grécia corta em 50% a sua dívida, você deve detonar sua CDS

Se a Grécia corta em 50% a sua dívida, você deve detonar sua CDS

Em um momento em que se anuncia que a Grécia cortará 50% das amortizações de boa parte de sua dívida, isso não lembra que existem os CDS ou seguro de crédito. Basicamente um CDS sobre um bónus grego é composto por um inversor ou vendedor do seguro que está a mudança de cobrar uma prima […]

Ler mais

Aumentar a competência das Agências de Rating, que é realmente desejável?

Aumentar a competência das Agências de Rating, que é realmente desejável?

Acaso você imaginar se para pedir uma hipoteca tivéssemos que comprar o nosso próprio de análise de crédito? O llevaríamos para a filial do banco, quem investiria em nós ou não em função apenas de tal análise, porque a filial, imagine, não tem melhor capacidade de análise do que essa. Pois bem, até à data, […]

Ler mais

Onde fica a liquidez do BCE?

Onde fica a liquidez do BCE?

Juntando as peças em jogo desde que o BCE anunciou os leilões ilimitadas para 36 meses, obtemos os seguintes elementos do quebra-cabeça: Banco Central Europeu, Quantitative Easing, liquidez, o carry trade, stress test, leilão de dívida pública espanhola, taxas de juros negativos, armadilha da liquidez, o multiplicador monetário e descidas de rating. 1. Leilões de […]

Ler mais